O que Hollywood nos ensina sobre profissionalismo

O que Hollywood nos ensina sobre profissionalismo Quem assiste muitos filmes hollywoodianos está acostumado a ver e rever seus atores e atrizes preferidos, e parece que estão em todos os filmes!
Esses são atores de grande profissionalismo e nos ensinam a ser extremamente versáteis na hora de realizar tarefas.

Romance

É incrível quando percebemos em um filme ou série um casal que na vida real costumavam ser um casal, mas não são mais. Então são duas pessoas que já se amaram e já trocaram carinhos reais, mas agora não se amam mais e estão trocando carinho falso em frente às câmeras.

É difícil imaginar o quanto isso deve ser difícil para um ator, e exige um extremo profissionalismo.
Chad Michael Murray e Sophia Bush atuavam em One Three Hill, e, após terminarem o relacionamento, precisaram continuar o relacionamento em frente às câmeras.

Ian Somerhalder e Nina Dobrev faziam parte do elenco de The Vampire Diaries e namoravam na vida real. Quando o relacionamento deles acabou, o relacionamento da série continuou, e tiverem que se manter apaixonados para a série.

Kristen Stewart e Robert Pattinson, os protagonistas da saga Crepúsculo também iniciaram e terminaram o relacionamento durante a saga. No final, tiveram que ser muito bons atores para convencer o público de seu relacionamento bem-sucedido na história.

 

Atores merecidos em filmes Medíocres

 

É muito comum também vermos grandes atores fazendo filmes medíocres, talvez por diversão, ou mesmo por fazer um filme mais fácil e descansar um pouco. Vez ou outra encontramos um filme simples, como uma comédia romântica, com grandes atores de Hollywood.

O interessante desse fato é que normalmente isso agrega grande valor ao filme, que seria completamente medíocre se tivesse apenas atores desconhecidos ou ainda mais se não fossem tão bons.

Nicole Kidman, por exemplo fez, em 2011 a comédia romântica “Esposa De Mentirinha”. Ou então Nicholas Cage em “Fúria sobre Rodas”. E Julia Roberts e Anne Hathaway em “Idas e Vindas do Amor”. Johnny Depp e Angelina Jolie em “O Turista”.

A ideia é que atores aceitam esse papel devido ao que recebem para interpretar tais personagens.O que Hollywood nos ensina sobre Profissionalismo

 

A razão, sendo dinheiro ou não, prova que eles são capazes de interpretar diferentes tipos de personagens.

 

O que Hollywood nos ensina sobre Profissionalismo

 

Atores que eventualmente saem de sua zona de conforto

O ator Adam Sandler é conhecido mundialmente por seus filmes comédia romântica, fraquinhos e simples. Alguns ainda chamam de filmes medíocres.

No entanto, o ator é capaz de fazer muito mais do que isso. Por algum motivo, acaba sempre fazendo o mesmo tipo de filme. Tanto que, quando alguém vê o nome de Adam Sandler no elenco, já pode apostar em como será o filme.

Em “Embriagado De Amor”, “Reine Sobre Mim” e “Homens, Mulheres E Filhos”, no entanto, Sandler prova que pode ser um grande ator com qualidades além da simples comédia romântica.

Transformações em Atores

 

Alguns atores passam por grandes transformações para poderem interpretar personagens muito diferentes fisicamente deles mesmos. Quando isso acontece, é possível perceber como os atores são comprometidos com sua profissão. Fazem o que for preciso para atuar.

Entre muitos exemplos, temos Christian Bale, que emagreceu 27 kg em 2004 para atuar em “O Operário”. Natalie Portman também emagreceu, 9 kg para atuar em “Cisne Negro”.

Jared Leto já passou por inúmeras transformações para seus papeis, já engordou, e emagreceu para diversos papeis, e, em seu último trabalho, “Esquadrão Suicida”, para se preparar para o papel de Coringa, se reuniu com médicos e psiquiatras que trataram psicopatas para aprender mais sobre o assunto.

O comprometimento desses atores é extraordinário, e seu profissionalismo é excelente!

O que Hollywood nos ensina sobre profissionalismo
5 (100%) 1 vote

Senai Cursos Gratis

Website:

Deixe uma resposta